HomePolítica

🔶 Estadão chama de ‘absurda’ declaração de Lula sobre a Vale

🔶 Estadão chama de ‘absurda’ declaração de Lula sobre a Vale

As declarações do presidente Lula (PT) à Rede TV!, na última terça-feira, 27, ainda repercutem na imprensa nacional. No editorial desta sexta-feira,

🔶 Nikolas é eleito presidente da Comissão de Educação, em derrota para o governo Lula
🔶 A linguagem ‘neutre’ não é ‘inclusive’ — e nem é uma linguagem
🔶 Na tribuna, deputado chama Lula de ‘presidengue’

As declarações do presidente Lula (PT) à Rede TV!, na última terça-feira, 27, ainda repercutem na imprensa nacional. No editorial desta sexta-feira, 1º, o jornal o Estado de S. Paulo criticou as falas do petista sobre a Vale, uma das maiores empresas de mineração do mundo.

Disse  o chefe do Executivo: “A Vale não pode pensar que é dona do Brasil; ela não pode pensar que pode mais do que o Brasil”. Em seguida, Lula declarou: “As empresas brasileiras precisam estar de acordo com aquilo que é o pensamento de desenvolvimento do governo brasileiro”.

O Estadão classificou a afirmação como “absurda”. “A declaração já seria suficientemente ruim se fosse sobre qualquer companhia privada, mas a ofensiva se dá na terceira maior empresa brasileira em valor de mercado e uma das maiores mineradoras do mundo”, destacou o editorial.

A Vale foi privatizada há quase 27 anos, e o seu controle acionário foi pulverizado em 2020. O texto explica que não existe na companhia um dono definido nem um acionista com participação suficiente para impor seus interesses aos demais.

Estadão lula Vale
Estadão critica declarações de Lula sobre a Vale, umas das maiores empresas de mineração do mundo

‘Lula investe contra setor pujante’

Além disso, a indústria mineral exportou quase US$ 43 bilhões no ano passado e gerou um superávit comercial de US$ 31,95 bilhões. Isso significa quase um terço do saldo da balança comercial no ano passado, de US$ 98,8 bilhões.

Diante desses números, o jornal afirma que é quase inacreditável que Lula invista contra um dos setores mais pujantes da economia brasileira.  

“Se Lula da Silva faz isso com uma das poucas empresas do país com capacidade para competir globalmente, que tipo de tratamento devem esperar as companhias estrangeiras que hesitam – com razão – em aportar recursos no Brasil?”, cogita o Estadão.

Para o veículo de comunicação, a Vale não é e nem pretende se tornar a dona do Brasil. “Quanto a Lula, ele deve achar que o país e suas empresas privadas devem se submeter às suas vontades”.

COMMENTS

WORDPRESS: 0
DISQUS: 0