Lâmpada fabricada com algas dispensa eletricidade e diminui a quantidade de co2 no ar.

Mais lidas
Julio Cesar
Redator e Designer do Foco no Fato. Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM.

Lâmpada fabricada com algas dispensa eletricidade e diminui a quantidade de co2 no ar.

O bioquímico francês Pierre Calleja projetou uma lâmpada fascinante feita de algas que poderia iluminar ruas e parques de estacionamento, e diminuir a quantidade de dióxido de carbono (CO2) na atmosfera. Ela é alimentada exclusivamente por um tubo cheio de algas verdes de incandescência e não precisa de energia elétrica.

A lâmpada usa a energia criada pelo próprio processo de fotossíntese das algas que captam o CO2 do ar para a produção de oxigênio e amido, que ficam armazenados na bateria. Dessa forma, quando é transportado para áreas de pouca luz, ele pode brilhar sem a necessidade de qualquer fonte de alimentação externa.

Uma única lâmpada poderia absorver cerca de uma tonelada de carbono do ar em apenas um ano – a mesma quantidade que 150 ou 200 árvores. Se essa lâmpada entrar em produção em massa, poderá ser a solução para controlar o aquecimento global e assim melhorar a vida de todos.

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

AÇÃO CONJUNTA: PMM e Governo do Estado unem esforços pelo bem de Manaus e anunciam investimentos de R$ 580 mi em Infraestrutura e Mobilidade...

Anúncio foi feito por David Almeida e Wilson Lima durante reinauguração do Parque Rio Negro neste domingo Há pelo menos...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img