Superliga: 12 grandes clubes da Europa formam novo e polêmico torneio independente em formato de liga.

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

No último domingo (18) os 12 dos maiores clubes do continente anunciaram em conjunto a criação da Superliga Europeia (European Superleague). Torneio composto por 20 times sendo 15 deles fundadores e membros permanentes, ou seja, não podem ser rebaixados e outros cinco clubes que seriam selecionados anualmente de acordo com seu desempenho nas suas competições nacionais.

Em formato de liga, com jogos durante a semana, inicialmente seriam 2 grupos com 10 equipes que se enfrentaria em turno e returno. Com os 3 melhores colocados de cada grupo sendo classificados a próxima fase de mata-mata. Os 4º e 5º lugares se enfrentam em jogos a parte com ida e volta para definir que fica com as duas vagas remanescentes. Disputando as quartas, semis com jogos de ida e volta e a grande final com jogo único em campo neutro.

O campeonato já conta com a participação do big six da Inglaterra: Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham. A tríade espanhola formada por Atlético de Madrid, Barcelona e Real Madrid. Além dos grandes italianos Internazionale, Juventus e Milan.


A notícia pegou de surpresa todo mundo desde técnicos, jogadores, fãs e a própria UEFA que organiza os campeonatos continentais como a Champions League e Europa League. Que em conjunto com a FIFA se pronuncio”Serão proibidos de jogar em qualquer outra competição em nível doméstico, europeu ou mundial, e seus jogadores podem ser privados da oportunidade de representar suas seleções”

Após bastante criticado por fãs que protestaram em frente a sede do Liverpool na Inglaterra, pronunciamentos negativos de ex-jogadores, técnicos e autoridades futebolísticas. O campeonato não tem data para começar e com as sanções da UEFA e FIFA o futuro ainda é incerto para competição que promete pagar £ 300 milhões (Cerca de R$ 2,4 Bilhões) ao times apenas se proporem a participar, valor que é mais que o dobro da prêmio dado ao campeão da Champions League.

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img