TENSÃO NO ORIENTE: Míssil sírio atinge o região sul de Israel próximo a Usina Nuclear ultrassecreta, que revida com ataque aéreo

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Na manhã desta quinta-feira (22) um míssil atingiu a parte sul de Israel, em Dimona no deserto de Neveg bem próximo da instalações nucleares ultrassecretas israelita

Os militares israelenses inicialmente descreveram a arma disparada como um míssil aéreo de superfície, que geralmente é usado para defesa aérea contra aviões de guerra ou outros mísseis. Isso pode indicar que o míssil sírio tinha como alvo aviões de guerra israelenses, mas errou e voou erroneamente. No entanto, Dimona fica a cerca de 300 km ao sul de Damasco, um longo alcance para um míssil desse tipo.

O incidente foi um dos mais sérios casos de violência entre os países nos últimos anos com fortes indícios de envolvimento do governo iraniano.

O Irã, que mantém tropas e representantes militares na Síria, acusou Israel de uma série de ataques a suas instalações nucleares, incluindo sabotagem em sua instalação nuclear de Natanz em 11 de abril, e jurou vingança.

Houve retaliação e o exército de Israel que contra atacou, segundo a Agência estatal de notícias SANA quatro soldados ficaram feridos no ataque israelense perto de Damasco, que também causou alguns danos estruturais.

Estamos com foco no fato e nos mísseis.

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 Manaus realiza em setembro maior festival de artes integradas da Amazônia

SouManaus traz artistas nacionais e internacionais, celebra diversidade e sustentabilidade Manaus convida turistas de todo o Brasil para curtir quatro...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img