BOLSA FAMÍLIA

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Governo Bolsonaro deve aumentar valor e número de beneficiados

Presidente da República tem defendido publicamente o reajuste do benefício.

A ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, informou nesta segunda-feira (24) que as projeções de mudanças do Bolsa Família devem ser apresentadas nos próximos meses, com aumento de valor e de número de beneficiários.

“Não é uma questão do texto da Câmara ou o texto do governo. Não existe uma disputa de protagonismo e sim uma coisa prática, necessária e urgente, que eu acho que é a ampliação não só do valor, mas também dos beneficiários. Com essa pandemia e com o auxílio emergencial, milhões de brasileiros que eram invisíveis passaram a ser vistos pelo governo e a gente sabe da necessidade que tem dessa ampliação da distribuição de renda”, disse a ministra-chefe.

De acordo com Flávia Arruda, o governo está ciente em torno do momento que o país atravessa, mas que há muito diálogo com o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Ainda segundo ela, o momento é de ‘escassez de recursos’ em volta de temas que não estão ligados à pandemia.  Apesar disso, o governo federal está empenhado em dar total suporte aos mais necessitados, afirmou.

“Milhares de famílias perderam o emprego, milhares de famílias passaram de pobreza para extrema pobreza, existe a possibilidade [de mudança no programa]. O cobertor é curto, mas dá para ajustar porque o presidente [Jair Bolsonaro] e o governo sabem da importância que é nesse momento da ampliação não só do valor quanto dos beneficiários”, completou.

Combate à fraudes

Desde o início da gestão, o presidente Jair Bolsonaro tem reforçado a necessidade de um pente-fino no programa social para combater grupos criminosos que eventualmente usam dados falsos para se beneficiar do Bolsa Família.

No esforço de equilibrar as contas do país, o governo federal informou, no final de 2019, que conseguiu reduzir gastos bilionários ao combater fraudes e irregularidades no Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e no Bolsa Família, além de extinguir vários cargos comissionados.

Segundo fontes do governo, o foco é ampliar ainda mais a eficiência pública neste ano de 2021, combatendo a corrupção e cortando uma série de privilégios e desperdícios.

Fonte: Conexão Política

Artigo anteriorFRAUDE NO TÍQUETE DE ALIMENTAÇÃO
Próximo artigoHarmonyOS
Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img