CHELSEA X M. CITY

Mais lidas
Julio Gadelha
Secretário da Redação e Analista Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM

A final da UEFA Champions League 2020/21 terá lugar no Estádio do Dragão, em Porto, no sábado, 29 de Maio, as 16h (Brasília) num duelo inglês entre Manchester City e Chelsea.

A Uefa anunciou, no dia 13 de maio, a mudança de sede da final da Liga dos Campeões de Istambul para Porto, em Portugal. Manchester City x Chelsea será no Estádio do Dragão, no dia 29 de maio as 16h (Brasília).

Pelo segundo ano seguido, a entidade é obrigada a transferir o local da decisão devido à pandemia do coronavírus. A Turquia está em isolamento nacional rígido desde o fim de abril.

O principal motivo para a mudança é a inclusão da Turquia na lista vermelha do Reino Unido. Isso quer dizer que as delegações dos dois clubes e torcedores ingleses seriam obrigados a cumprir quarentena de 10 dias, caso a final fosse realizada no Estádio Olímpico Atatürk. Isso atrapalharia o planejamento das seleções para a Eurocopa, que começa no dia 11 de junho.

Portugal foi escolhido pelo segundo ano consecutivo para sediar a partida por não estar na lista vermelha do Reino Unido. Britânicos poderão ir à final sem precisar cumprir quarentena no retorno. Em 2020, Portugal sediou a reta final da Champions, com alguns jogos das quartas de final, as semifinais e a decisão no Estádio da Luz, em Lisboa, entre Bayern de Munique e PSG.

Além disso, a entidade anunciou que destinará seis mil ingressos para cada clube. O Estádio do Dragão tem capacidade para 50 mil pessoas.

A situação da pandemia em Portugal, que promoveu diversos lockdown ao longo dos últimos meses, é controlada. O país ibérico teve 840 mil casos, registrando 16.998 mortes. E segundo a emissora SIC, 29% da população do país já recebeu a primeira dose da vacina contra o coronavírus, enquanto 11% já tomou a segunda.

O governo britânico ainda tentou levar a final para Wembley, em Londres, mas não houve consenso com a Uefa. Portugal surgiu como solução para a entidade europeia, preocupada com seus patrocinadores e emissoras detentoras dos direitos de transmissão. 

“Espero que a final seja um símbolo de esperança no ressurgimento da Europa de um período difícil e que os torcedores que viajam para o jogo possam mais uma vez dar voz para mostrar esta final como a melhor do futebol de clubes. Aceitamos que a decisão do governo britânico de colocar a Turquia na lista vermelha para viagens foi tomada de boa fé e no melhor interesse de proteger seus cidadãos da propagação do vírus, mas também nos representou um grande desafio na preparação uma final com duas equipes inglesas” – disse Aleksander Ceferin, presidente da Uefa. 

OS CLUBES

Pelo lado do Manchester City, o time comandado pelo técnico Pep Guardiola chega em momento de muita confiança. A temporada histórica, que culminou com o título da Premier League com muita sobra, coloca este time como um dos melhores da história do clube.

Para a partida, o Manchester City deve ir a campo com o que tem de melhor em seu elenco. Existem dúvidas, como por exemplo, Rodri ou Fernandinho estar no time inicial.

A provável escalação do Manchester City tem: Ederson; Walker, Stones, Rúben Dias e João Cancelo; Fernandinho (Rodri), De Bruyne e Foden; Mahrez, Sterling e Gabriel Jesus (Bernardo Silva).

Pelo lado do Chelsea, o time comandado pelo técnico Tomas Tuchel chega em momento de bastante empolgação. Mesmo com um desempenho oscilante, o objetivo é foco total na grande final, que pode trazer o bicampeonato.

Para a final, o Chelsea deve ir a campo com o time que atuou nas últimas rodadas da Premier League. Sem modificações na escalação inicial.

A provável escalação do Chelsea tem: Mendy; James, Thiago Silva e Rudiger; Azpilicueta, Kanté, Jorginho e Chillwell; Mount, Pulisic e Timo Werner.

Artigo anteriorDEMANDAS VIOLENTAS
Próximo artigoDIA HISTÓRICO
Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img