Coluna 16 de @fredmeloo
Tema: Bolsonaro, Rei dos Índios …….

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

O Presidente Bolsonaro esteve visitando São Gabriel da Cachoeira nesta semana juntamente com a alta cúpula do comando militar, acompanharam a comitiva o Ministro da Defesa, General Braga Neto, o Comandante do Exército General Paulo Sergio e o Ministro da Casa Cívil General Ramos.

A agenda oficial era para inaugurar uma ponte chamada Rodrigo & Cibele que fica a 100 km de São Gabriel da Cachoeira no meio da comunidade indígena do Malaio.

Havia rumores que o presidente não teria uma recepção calorosa, sabemos que o DSEI órgão que controla e presta assistência aos movimentos indígenas da região, é um antigo reduto dos governos petistas e ainda hoje está sob o comando do MDB de Eduardo Braga, que estará no palanque de Lula nas eleições de 2022.

Para surpresa e decepção de muitos, o Presidente Bolsonaro foi simplesmente ovacionado desde sua chegada por populares e também pelos índios, ele como de costume, entrou no clima, colocou colar, conversou com todos, fez a festa e inaugurou a ponte com toda pompa, foi mais uma demonstração de popularidade num território que parecia lhe ser hostil. Pernoitou em Maturacá no 5º Pelotão de Fronteira junto com todo o staff do exército e mais um convidado, o veterano do exército, Coronel Menezes que veio recepciona-ló em São Gabriel da Cachoeira e o acompanhou em todos os eventos.

A receptividade foi tão grande e positiva que no dia seguinte, sexta-feira, 28.05, o Presidente decidiu dar uma volta em carro aberto pela cidade. São Gabriel da Cachoeira deu para ele em 2018 apenas 22% dos votos e o resultado desta nova investida foi simplesmente consagrador, os populares surpresos o saudaram de forma intensa e entusiasmada, foi mais uma grande festa e demonstração que Bolsonaro por aqui vai bem.

Toda essa popularidade demonstrada de norte a sul do Brasil indica claramente que o voto impresso e auditável torna-se uma necessidade imperiosa em 2022, não é crível que ele esteja aparecendo atrás do ex-presidiário nas pesquisas, não é isso que todos assistem publicamente, a cada dia, cada aparição, o Presidente é mais prestigiado e ovacionado por onde passa, até no meio dos índios.

Isso tudo me leva a crer no seguinte, não há como perder a eleição em 2022, mas, a fraude pode estar sendo preparada, fora isso, vai dar dar MITO novamente……

Eu vou com o MITO onde o MITO estiver e estou para o que der e vier…….

Que phase!

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

MAIS VACINAS: Acordo permitirá compra de 100 milhões de doses de vacina para 2022. Pfizer deve iniciar entrega de imunizantes no primeiro trimestre.

O Ministério da Saúde e a farmacêutica Pfizer assinaram nesta segunda-feira (29) contrato para a compra de 100 milhões...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img