TERROR: Manaus viveu uma madrugada de terror, com ataques em todos os cantos da cidade.

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Apesar do secretário da SSP, coronel Louismar Bonates, informar que o efetivo policial foi triplicado em Manaus neste domingo em razão dos atentados, eles se multiplicaram nos quatro cantos da cidade e nada escapou a fúria dos bandidos. Viaturas policiais e diversos ônibus foram incendiados, delegacias atacadas, granadas lançadas e no interior, prédios públicos também foram depredados.

Dentre as pessoas detidas até o momento, quatro foram presas no bairro Novo Aleixo, na Zona Norte, e encaminhados ao 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Outros dois foram presos na Compensa, Zona Oeste. Não foram divulgados outros detalhes sobre as demais prisões.

A SSP-AM informou que os ataques foram ordenados de dentro de um presídio da capital, e acontecem em represália por conta da morte de um traficante.

Conforme a delegada-geral da Polícia Civil, Emilia Ferraz, 13 presos estão envolvidos diretamente nos atentados, e estavam se preparando para cometer novos ataques. Uma 14ª pessoa presa teria ordenado os atentados no bairro da redenção.

O assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, afirmou que os ônibus do transporte coletivo não voltarão a circular neste domingo (6), por conta dos ataques. Ao menos 14 ônibus foram incendiados desde a madrugada deste domingo na capital.

Os veículos foram recolhidos para as garagens nas primeiras horas da manhã, por volta de 6h40, e deveriam voltar a circular ao meio-dia. Porém, a medida foi suspensa em razão da continuidade dos atos de violência pela capital.

No total, desde a madrugada de domingo, o Corpo de Bombeiros atendeu 21 ocorrências de incêndio em veículos. Dessas, 14 eram ônibus e duas viaturas – sendo uma da Polícia Militar e outra da polícia civil.

“Os ataques foram motivados em função da morte de um traficante. E a inteligência levantou que essa determinação veio de dentro do presídio. Eu quero informar que quem for localizado dando essa ordem, será solicitada a transferência deles para presídio federal”, disse o secretário de Segurança Pública do Amazonas, Coronel Louismar Bonates, na manhã deste domingo.

O Amazonas precisa mudar a cúpula da segurança pública imediatamente, perdeu-se a capacidade de governabilidade. O prefeito David Almeida quer tropas federais no estado e o governador avalia neste momento está possibilidade.

Estamos com foco no fato e no terror.

Publicidadespot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Está situação foi criada pelo Políticos de quatro em quatro anos, nas Campanhas eleitorais, Manaus está cheia de favelas, desfiguraram nossa Cidade, essa gente apoiam invasões para agradar e ganhar seus votos, depois abandonam e essas invasões ficam no comando do Tráfico, sua força aumenta com a continuidade da Invasao com venda de Lotes, e tem ex-prefeitos que asfalta e liga energia elétrica, cumprindo o prometido, pagar as indenizações, esqueça e o projeto você empresários compre outro terreno.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img