FORÇA NACIONAL: A pedido do governador Wilson Lima, a força nacional desembarca em Manaus para restabelecer a lei e a ordem

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Ministro da Justiça anunciou nesta segunda-feira, dia 07, envio da Força Nacional a Manaus após ataques, o pedido foi feito pelo governador Wilson Lima (PSC), o reforço do efetivo será enviado pelo governo federal após incêndios a ônibus, viaturas e ambulâncias na cidade

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, anunciou o envio de tropas da Força Nacional para Manaus após ataques criminosos com incêndios em ônibus, viaturas e ambulâncias na última madrugada.

Segundo Torres afirmou em uma rede social, o uso das tropas da Força Nacional foi pedido pelo governador do Amazonas, Wilson Lima (PSC), e visa “ajudar no restabelecimento da paz e da ordem na capital do estado”.

Até o momento, as forças policiais no estado prenderam 31 pessoas suspeitas de envolvimento com os ataques que deixaram Manaus sitiada e aterrorizada com as ações dos bandidos.

Os moradores de Manaus ficaram  sem transporte público na manhã da segunda-feira, dia 07. O governo estadual informou que a onda de violência foi ordenada dentro de um presídio após a morte de um traficante.

O secretário de Segurança Pública do Amazonas, Louismar Bonates, afirmou à imprensa que entre os presos estão alguns dos líderes que comandavam os ataques. Nas ações, duas armas de fogo foram apreendidas, entre elas uma metralhadora, numero que é insignificante diante das cenas mostradas exaustivamente no domingo.

Para manter a situação controlada, mais de 40 barreiras de fiscalização foram montadas em toda a cidade para abordagens e vistorias de veículos. “O objetivo é vistoriar os carros para verificar se não estão levando combustível ou alguma arma de fogo. Um dos objetivos e determinação do governador Wilson Lima é que essas ações da polícia cheguem ao interior do estado”, disse Bonates.

A visita a presídios está suspensa por tempo indeterminado justamente por conta da situação. O presidente da Assembleia Legislativa do estado, Roberto Cidade, enviou um ofício no domingo (6) à presidência da República para pedir intervenção das Forças Armadas em Manaus.

A situação esteve totalmente fora de controle e os bandidos estavam ditando as regras da cidade e provocando diretamente o Secretário de Segurança
do estado Louismar Bonates, eles faziam questão de mostrar que tratava-se até um problema pessoal entre eles, uma verdadeira inversão de valores.

Estamos com foco no fato e no retorno da Lei e Ordem.

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img