Coluna 24 de @fredmeloo Tema: O voto auditável e os seus amebas amestrados…

Mais lidas
Julio Cesar
Redator e Designer do Foco no Fato. Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM.

Tudo indica que a PEC do voto impresso e auditável deve ir para votação em plenário nesta terça-feira, dia 10.08, numa atitude corajosa do Presidente da Câmara Arthur Lira que usando das suas prerrogativas constitucionais assim decidiu. Quer dar esse assunto por encerrado aprovando ou não, será?

Lira vai de uma vez por todas revelar quem está a favor e quem está contra o País, a votação em plenário vai tirar do armário e mostrar os deputados que estão ao lado do Brasil e dos brasileiros daqueles que querem manter a discurso vazio e a conversa fácil, mas, que em nada contribuem para que as eleições sejam limpas e transparentes, muitos estão no congresso para defender apenas seus próprios interesses.

O Amazonas já sabe que três personagens certamente serão contra o voto impresso e auditável, Omar Aziz, seu fiel escudeiro e aliado de primeira hora, Marcelo Ramos e Bosco Saraiva, esse um morto político que exerce o seu cargo de deputado federal apenas para cumprir tabela. Omar será contra num segundo momento, caso a PEC passe na câmara e siga para votação no senado. O caso de Marcelo Ramos é diferente, esse consegue enganar tudo e a todos até o momento que ele precisa revelar sua verdadeira face, sempre foi assim, basta ver seu histórico político, começou no PC do B, traiu Vanessa e Eron, seus padrinhos, foi para o PSB de Serafim, nova traição e depois migrou para o PL de Alfredo Nascimento onde por diversas vezes já tentou tirá-lo do comando do partido, trair e ajoelhar no milho faz parte da sua história, virou a sua marca registrada, basta lembrar da sua aliança com Eduardo Braga, ele não tem limites.

Sua ascensão ao cargo de vice-presidente da Câmara foi assim, fazendo afagos ao governo do Presidente Bolsonaro e já abandonando Rodrigo Maia, antes defensor do voto impresso, mudou de ideia, agora virou contrário e busca argumentos para justificar sua atitude, Arthur Lira já percebeu o erro que cometeu ao acreditar em alguém que tem sua trajetória política marcada pelo oportunismo e falta de pudor.

O Presidente Bolsonaro defende essa causa por convicção desde antes das eleições de 2018, não é de hoje como muitos pensam, o voto impresso e auditável não é um retrocesso, mas, uma conquista, será a consolidação democrática do Brasil, porque até onde sei a democracia é o regime onde o poder emana do povo através do seu voto, os políticos parecem não pensar assim, fazem do seu mandato o seu negócio e governam de costas para quem os elege, conquistam mandatos apenas defender seus próprios interesses e jogar para a torcida sem nenhum resultado prático na melhora da qualidade de vida das pessoas.

O sistema teme Bolsonaro, nenhum político no Brasil é tão popular, ninguém consegue mobilizar espontaneamente as pessoas a segui-lo e recepcioná-lo por onde passa, em Manaus no próximo dia 18, teremos a oportunidade de mostrar para o Brasil e também para alguns dos nossos “amebas” o quanto estaremos fortes e coesos para a disputa de 2022, vamos fazer uma grande festa para receber o presidente que vem a Manaus para inaugurar o “Conjunto Habitacional Manauara 2” numa agenda novamente construída pelo Coronel Menezes, que se consolida a cada dia como seu maior aliado e homem de confiança no estado do Amazonas. Manaus vai dar o seu recado para aqueles deputados e senadores que querem a reeleição em 2022, eles vão ver como será difícil ludibriar o povo mais uma vez.

Nossa parte vamos fazer, estaremos lá para receber o Presidente, com a guarda alta e punhos cerrados, sabemos que temos uma grande batalha pela frente, isso com ou sem voto impresso e auditável, vamos para a linha de frente desta verdadeira guerra que se avizinha.

E a CPI da Vergonha continua cumprindo o seu papel ridículo……..

Que phase!!!

Publicidadespot_img

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria imensamente que a postagem estivesse no mínimo teor da situação.
    Ocorre que Bolsonaro não é a Coca Cola que se posta. Suas aparições têm por trás, grupo de pessoas que o afagam e convidam outros afins para as mesmas, e vários cidadãos motorizados que nada tem a fazer a não ser participar de reunião de motoqueiros.
    Além do mais, as controversas posições de Bolsonaro, apenas o elevam à condição de pessoa inconfiável, cuja sede pelo poder, que sempre teve e nunca o foi por vias normais, vide o “convite” para deixasse o Exército, haja vista não ter passado do posto de capitão.
    Voto impresso em nada vai melhorar a vida dos brasileiros.
    Até porque o programa que gera o voto eletrônico é o mesmo que direcionará à impressora, o que foi votado na Urna.
    Apenas uma justificativa para possível derrota, injustificável para quem se põe como bambam nas suas aparições.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

MAIS VACINAS: Acordo permitirá compra de 100 milhões de doses de vacina para 2022. Pfizer deve iniciar entrega de imunizantes no primeiro trimestre.

O Ministério da Saúde e a farmacêutica Pfizer assinaram nesta segunda-feira (29) contrato para a compra de 100 milhões...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img