TENSÃO: Rússia envia bombardeiros com capacidade nuclear para fronteiras da Bielorússia

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Patrulha ocorre em meio ao clima de preocupações ocidentais com o aumento de tropas em região próxima à Ucrânia.

Neste último sábado (18), o governo de Vladimir Putin enviou bombardeiros estratégicos de longo alcance nuclear para ajudar a patrulhar o espaço aéreo e as fronteiras ocidentais da Bielorússia.

Jatos Su-30SM de ambos os países também fazem parte das patrulhas, de acordo com militares da Bielorússia.

O Ministério da Defesa russo declarou que a missão, com duração de quatro horas, visa praticar “a execução de tarefas conjuntas com a Força Aérea e Defesa Aérea da Bielorrússia”.

A oeste, a Bielorússia faz fronteira com a Polônia e a noroeste com a Lituânia, membros da União Europeia (UE).

As relações do país com a UE estão tensas por causa de uma crise migratória que ocorre na fronteira ocidental.

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

ORIGEM ESTRANHA: 78% do faturamento de empresa que contratou Moro veio de alvos da Lava Jato.

Empresa que contratou Sergio Moro (Podemos) após o ex-juiz deixar o Ministério da Justiça em 2020, a Alvarez &...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img