🔶SAÚDE INDÍGENA | Governo Federal liberou R$ 48 milhões para melhorar o atendimento à saúde indígena em 2021

Mais lidas
Julio Gadelha
Secretário da Redação e Analista Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM

Para garantir a eficiência e melhoria nos atendimentos a saúde indígena atendidos pelo Distrito Sanitário Especial Indígena de Manaus (Dsei Manaus), o Governo Federal, por meio da Secretaria Especial de Saúde Indígena ligada ao Ministério da Saúde, liberou R$ 48 milhões para investimento, execução de programas e convênios somente em 2021.

Para este ano, estima-se que o Governo libere mais de R$ 54 milhões para ampliar esses atendimentos, segundo informou o coordenador do Dsei Manaus, Januário Carneiro.

“O Governo Federal dobrou os investimentos para a saúde indígena do Dsei Manaus, em 2021, sendo o distrito que mais recebeu investimentos do país, ou seja, beneficiando mais 32 mil indígenas, 25 polos base distribuídos em 19 municípios do Amazonas”, explicou Januário.

Os investimentos foram utilizados para aquisição de insumos, medicamentos para enfrentamento da pandemia na sede do Dsei, Casai e dos 25 polos bases; campanhas de vacinação para atingir o maior número possível de indígenas; recuperação estrutural de 5 polos e uma Unidade Básica de Saúde Indígena (UBSI), localizado na Aldeia Jutaí, Polo Base Iguapo Açu, em Borba; Implantação das Unidades de Atendimento aos Povos Indígenas (UAPI’s) para acolhimento, acompanhamento e tratamento das pessoas acometidas pelo Convid-19 vindos de aldeias de abrangência.

Os recursos também foram empregados para reformas e reparos nos botes e lanchas de todos os Polos Bases de abrangência do Dsei Manaus. Assim como a contratação de mais de 100 profissionais para atenderem no distrito; visitas em 19 polos do Dsei, somente em 2021; Instalação de kits fotovoltaico para suprir a demanda por energia para sistemas de abastecimento de água; aquisição de 20 caminhonetes para renovação de 100% da frota de transporte atendidos pelo Distrito; aquisição de 25 motores de popa e 15 botes para atender as necessidades das aldeias, entre outros serviços, como palestras, campanhas de conscientização para os indígenas.

Posto de atendimento a saúde indígena

“Desde que assumi o Dsei Manaus, em novembro de 2020, intensificamos os trabalhos e os atendimentos aos povos indígenas de abrangência do nosso distrito. Para se ter uma ideia, durante a segunda onda do convid-19, tínhamos feito um planejamento que atendeu com previsão os pedidos, assim como de combustíveis, cilindros de oxigênio e, por isso registramos pouquíssimos casos de óbitos devido ao nosso planejamento com ajuda do governo federal”, defendeu o coordenador.

Conforme Januário, entre as ações previstas para o mês de julho está a entrega de duas novas “ambulanchas” Igara Yana 1 e 2, duas novas UBSIs em Borba, reinauguração da UBSI Makira, em Itacoatiara, além de proporcionar aos polos base equipamentos e mobiliários para melhorar a oferta de serviços e a entrega de 1.270 filtros de barro para garantir qualidade na água consumidas pelos indígenas.

Filtros de Barro para garantir água potável

“Já recebemos a sinalização do Governo Federal para a licitação para manutenção predial da sede do Casai e Dsei Manaus, assim como a aquisição de um caminhão para o Sesai, ou seja, são ganhos positivos que conquistamos ao longo desta gestão e que vai beneficiar nossos irmãos indígenas”, comemorou.

Estamos com Foco No Fato e na saúde dos nossos índios

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 CRISE GLOBAL | Alta dos combustíveis coloca Europa em ‘situação insustentável’, diz Macron

Para o líder francês, produtores de petróleo têm imensa responsabilidade nos preços da commodity. O presidente francês Emmanuel Macron pediu...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img