🔶 PSOL-AM racha e tem três candidatos brigando pela pré-candidatura a governo poucos dias antes da convenção partidária

Mais lidas
Julio Gadelha
Secretário da Redação e Analista Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM

Prevista para o dia 31 de julho, a convenção do Partido Socialismo e Liberdade (PSol) no Amazonas mostra mais uma fase do racha no partido no estado. A princípio, o mais cotado para ser o candidato da legenda de esquerda era o advogado Marcelo Amil, que recebeu apoio até do ex-presidente Lula. Contudo, correntes internas do partido lançaram outros dois nomes para o páreo interno: o sindicalista Herbert Amazonas e o médico indígena Israel Tukuya.

Marcelo Amil foi o primeiro nome apresentado. Saindo do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), pelo qual concorreu à Prefeitura de Manaus em 2020, o advogado recebeu apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), apesar de hoje em dia o petista ter como candidato o senador Eduardo Braga (MDB). O presidente nacional do PSol, Juliano Medeiros, visitou Manaus e encontrou-se com Marcelo Amil, a quem declarou apoio.

Outro candidato é o sindicalista Herbet Amazonas, que possui militância histórica na esquerda amazonense. Ao inscrever seu nome, ainda no mês de junho, Herbert afirmou que “o Brasil vive um retrocesso político” e que o país teria a chance de “reverter esse quadro elegendo Lula presidente”.

“No Amazonas a situação não é diferente. Por isso temos de ter um governo nosso da classe trabalhadora, das mulheres, da juventude, dos indígenas, enfim, uma candidatura que dê voz ao conjunto dos oprimidos”, escreveu em suas redes.

Novo nome, nova disputa

Nos últimos dias, o médico indígena Israel Tukuya foi apresentado como candidato do partido ao governo do estado.

Contudo, ele foi apresentado pela Tendência Primavera, corrente interna do PSol que se opõe ao grupo de Marcelo Amil. A presidente estadual da legenda, Rosilene Almeida, afirmou que a corrente distribuiu material aos veículos de comunicação dando a entender que Israel já havia sido escolhido oficialmente.

O médico, ao defender sua pré-candidatura, relembrou que em um momento histórico de retomada da esquerda na América Latina “e de ataques violentos estimulados pelo atual presidente [Bolsonaro] contra os povos originários em nosso país, entendemos que uma candidatura indígena, com amplo reconhecimento junto aos pares e a diversos setores da sociedade amazonense se torna uma missão crucial para a construção da sociedade socialista, democrática e com justiça social que almejamos”. Israel é natural da Terra Indígena Alto Rio Negro, localizada no município de São Gabriel da Cachoeira.

A convenção deverá ocorrer às 15h de 31 de julho, na quadra do Sul América Esporte Clube, no bairro São Raimundo, zona Sul de Manaus.

Fonte: Dia a Dia Notícia

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 Recorde: Brasil exporta quase US$ 200 bilhões em 7 meses

Superávit na balança comercial é o segundo maior para o período de janeiro a julho Entre janeiro e julho de...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img