🔶 Bolsonaro recebe irmão de petista assassinado e presta solidariedade sobre o ocorrido

Mais lidas
Gabriel
CEO do Foco no Fato. Engenheiro Civil, pós graduado em Pavimentação de Estradas e Rodovias e realizando um MBA em Gestão Empresarial pela FGV.

Segundo o deputado Otoni de Paula (MDB), que participou do encontro, o presidente prestou solidariedade à família da vítima e se desculpou por dizer que pessoas que chutaram rosto de José Guaranho, o assassino, eram petistas.

O presidente Jair Bolsonaro recebeu nesta quarta-feira (20) um irmão de Marcelo Arruda, petista assassinado por policial bolsonarista. Segundo o deputado Otoni de Paula (MDB), que participou do encontro, o presidente prestou solidariedade à família e pediu desculpas por divulgar informações falsas sobre o crime.

“O presidente, inclusive, se desculpou por esse fato, porque a primeira informação que ele tinha – errada – e que eu disse a ele a verdade também, e o José também falou, que aquele ato, o chute, não foi um ato provocado por um petista. Foi um ato de um amigo bolsonarista do Marcelo. E, nessa reunião, o presidente se retratou com ele e reconheceu de que aquela fala foi sem a devida informação verdadeira”, explicou Otoni. 

O encontro foi no Palácio do Planalto e também contou com a presença do ex-senador Magno Malta (PL).

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 “Somos especialistas em entregar resultados”, afirma coronel Menezes em entrevista à TV Record”

Candidato ao Senado pelo PL destacou sua atuação exitosa na área empresarial e no Exército e afirmou ser um...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img