🔶 Menezes afirma que classe política do AM não têm visão estratégica e afirma que riqueza do Estado está no interior

Mais lidas
Julio Gadelha
Secretário da Redação e Analista Profissional de Marketing formado pelo Uninorte-AM

O pré-candidato foi o último participante da rodada de conversa promovida pela rádio antes do início oficial da campanha

“A nossa classe política do Amazonas não tem visão estratégica e não soube tirar o proveito de nossas potencialidades. Você observa isso nos últimos 40 anos. E o nosso interior ficou esquecido. Temos que fazer o resgate dessas potencialidades”, disparou o pré-candidato ao Senado pelo Partido Liberal (PL), coronel Alfredo Menezes, durante entrevista à rádio Viva FM, ocorrida nesta sexta-feira. Menezes foi o último pré-candidato ao Senado a participar da rodada de conversa promovido pela rádio.

Na entrevista, coronel criticou seus oponentes que já estiveram no Senado ou foram ex-governadores e nada fizeram para mudar a realidade do Estado que depende exclusivamente de um único modelo econômico que é o Polo Industrial de Manaus (PIM) criado pelos militares. Na ocasião ele questionou aos apresentadores onde está a riqueza do Amazonas. 

“São Paulo é um estado forte por causa da capital? Não. Por causa do interior. Nosso vizinho, o Pará, tem uma economia pujante, similar a nossa, e onde está a riqueza? No interior. E o interior do nosso Amazonas? Está pobre e miserável. Nós somos ricos, mas ricos pisando na pobreza”, criticou o coronel afirmando que durante as viagens ao interior tem conversado com as pessoas e afirmando que este ano a população tem que apoiar candidatos comprometidos em construir novos modelos econômicos complementares, como o turismo que já é nossa vocação natural.

No setor primário, por exemplo, o atual governo atual deu uma reaquecida. Mas é inadmissível que 90% do tambaqui consumido em Manaus tenha que ser importando de Porto Velho (RO) e Boa Vista (RR). Temos que criar vergonha na cara e cobrar dos nossos políticos de todos os níveis algo concreto”, comentou.

Menezes reafirmou seu compromisso em defender as pautas do Estado, alinhar junto ao governo federal pautas e projetos que possam trazer novas matrizes econômicas para o estado, assim como defender a construção de um polo naval, petroquímico e siderúrgico complementar ao polo já existente no Estado. “

“Porque o Polo Industrial de São Paulo é forte? porque há vários outros polos que se complementam e porque nunca foi feito o mesmo no Amazonas? Esses políticos que estão aí estão preocupados exclusivamente com a manutenção do seu poder e não com o bem população. Essas são pautas estratégicas que nós temos como defender no Senado. E esses senadores e ex-senadores que estão aí nunca conseguiram destravar e não vai ser agora irão”, finalizou.

Estamos com foco no fato

Publicidadespot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Publicidadespot_img
Últimas notícias

🔶 Saiba quem são os vencedores dos Prêmios Literários Cidade de Manaus

Com 876 inscritos, os Prêmios Literários Cidade de Manaus premiaram nove participantes. Entre eles, Ricardo Lima da Silva que...
Publicidadespot_img

More Articles Like This

Publicidadespot_img